S. Valentim, para todos os que têm espírito livre!

February 13, 2017

Certamente já se perguntou o porquê deste dia existir. Pois bem, existem algumas histórias sobre este dia, mas a que eu mais gosto, vem relacionada com um antigo festival romano chamado Lupercalia, que se realizava no dia 14 de Fevereiro. A festa celebrava a fertilidade, homenageando Juno (deusa da mulher e casamento) e Pan (deus da natureza). E marcava também o início oficial da primavera! 

 

Ao longo dos anos e gerações, este dia foi-se tornado especial e mais recentemente é celebrado como o dia dos namorados. O dia em que se celebra o amor entre o casal, um ritual que pode e deve ser celebrado invocando-se bênçãos divinas! 

 

Neste dia, o tradicional é oferecer ao seu par, uma bouquet de rosas, uma caixa de bombons, uma ida ao cinema ou um jantar romântico de preferência à luz das velas.

Mas, para aqueles de espírito livre, em que cada aventura é uma ode ás maravilhosas possibilidades da vida, um urso de peluche ou uma caixa de bombons simplesmente não faz sentido! Estas pessoas procuram algo único e especial, tal como o amor que cultivam, o que torna essa escolha, muitas vezes, um verdadeiro desafio.

 

Por isso, este ano, vamos ajuda-lo(a)! Vamos dar-lhe algumas dicas que vão ajudar a tornar este dia diferente e único, seja para um/uma já amante de cristais e da natureza, seja para surpreender quem ama com algo que irá mudar a vossa vida.

 

 

Cristais com energia de S. Valentim, que vão adicionar mais amor na sua vida

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Rosa do Deserto (variedade de selenite) - Os cumes macios e curvos deste cristal, formam-se parecendo pétalas de uma rosa. Mas são as propriedades metafísicas da Rosa do Deserto que tornam este cristal perfeito para o dia S. Valentim. Sendo um cristal que amplia a capacidade de dar e receber amor, esta pedra irá abri-lo para novas possibilidades e mais profundidade emocional. E se ainda não encontrou aquela pessoa especial, a Rosa do Deserto pode ser um investimento que vale a pena!

 

Granada - Há uma razão para esta pedra ser um mineral usado convencionalmente em anéis de noivado. As granadas, há muito que se acreditam ser minerais que fazem move os laços afectivos do interior para o exterior, o amor e a lealdade. Sendo uma pedra que se utiliza para liberar inibições, este poderá ser um cristal para aqueles que procuram apimentar a relação! Colocar na mesinha de cabeceira ou utilizar como anel ou como pingente num colar. 

 

Quartzo Rosa - Nenhum cristal é tão completo e inspirador de amor como o quartzo rosa. Como uma pedra de amor incondicional, traz ao seu utilizador a noção do amor-próprio e do amor pela sua vida. Seja resgatando o amor de volta na sua vida, seja como forma de oferecer um presente para si mesmo, só porque merece, este cristal vai atrair amor para todas as áreas em que necessita dele. 

 

Fuschite com Rubi - Um cristal que liberta as co-dependências emocionais e traz os sentimentos de amor para a liberdade do ser, do conforto e da alegria. A fuschite com rubi é conhecida como uma pedras das fadas, e para aqueles que vivem um conto de fadas no amor, este será a sua pedra de eleição. Esta mistura rara de minerais, combina a energia amorosa destas duas pedras, exalando amor...

 

Rodonite - Os tons rosa e preto nesta pedra, lembram-nos de que os assuntos do coração são muitas vezes dolorosos. A rodonite é a pedra do perdão, e irá ajudá-lo a deixar ir qualquer dor de um relacionamento passado, fazendo vir ao de cima uma atitude de amor e perdão. Isto acontece pois esta pedra limpa suavemente a aura de mágoa, raiva, arrependimento e amargura.

 

Desejo-lhe um excelente S. Valentim!!!

                 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Segue-nos

  • Facebook

​apc@associacaoportuguesadecristaloterapia.com | +351 916693537 | Porto.

 

                             © 2015 APC