Cristais verdes

Como cristal verde, poderia ter escolhido falar por exemplo da aventurina, pois é mais comum e mais económica que a Malaquite, a pedra verde que seleccionei. Mas a minha preferência recai inevitavelmente sobre a Malaquite pois para mim, é sem duvida uma pedra de cura por excelência.

 

Pode ser encontrada em associação com a Azurite, a Malaquite é uma pedra da qual a cor varia do verde claro ao verde escuro e muitas vezes a sua aparência externa é matizada. 

 

Trata-se de um dos minérios básicos do Cobre.

 

História

Os egípcios usavam-na para protecção e como preventivo contra a gravidez. 

As pedras eram pulverizadas e usadas como remédio para a vista e como cosmético.

 

Na Itália, a Malaquita era usada contra mau-olhado.

 

Ela era considerada um talismã particularmente apropriado para crianças. Amarrar uma destas pedras a um berço fazia com que todos os maus espíritos se afastassem, permitindo que a criança dormisse calma e pacificamente.

Cura

A Malaquite deve ser usada com extremo cuidado porque pode ampliar as qualidades negativas do utilizador. 

Deve tomar algumas precauções quando usá-la em jóias. No entanto, esta pedra também amplia o aspecto positivo e, portanto, é muito útil se seu humor está em alta. 

 

A Malaquite não deve ser usada em curas sem quaisquer conhecimentos sobre esta pedra. 

A Malaquite é útil para o relaxamento, desordens neurológicas, dores musculares, assim como para regeneração de tecidos.

A sua cor verde está fortemente sintonizada com a natureza, a força da vida e a cura. 

 

Ela tem afinidade com a terra e água. Dela diz-se que são despertas qualidades de cura. 

 

É útil na luta contra doenças mentais e estimula o nervo óptico, ajuda o pâncreas, baço, a paratireóide, além de ser benéfica nos casos de dislexia. 

É uma pedra que absorve energias, por isso pode ser utlizada como pedra de protecção. 

 

Um aviso: as partículas do seu pó são altamente tóxicas e sua ingestão deve ser evitada.

Utilização

Use-a na mão esquerda ou coloque-a sobre o terceiro olho. Posicione-a como for mais apropriado para cura. Coloque-a sobre o plexo solar para absorver emoções negativas.

Use a Malaquita polida com método indirecto para preparar elixires. Aplique-o externamente.

 

Observação: a Malaquita pode causar leves palpitações, neste caso, remova-a imediatamente e substitua-a pelo Quartzo rosa ou pela Rodonita.

Efeitos terapêuticos

  • Chakras: Todos

  • Saúde: Sistema Reprodutor

  • Indicação: Reumatismo

 

Usos e aplicações

  • Pedra da profissão: Ambientalistas, Astrólogos, Cirurgiões, Comunicadores, Bailarinos, Dentista, Escritores, Executivos, Médicos, Mergulhadores, Motoristas, Administrativos e Terapeutas Alternativos.

  • Pedra do signo de: Escorpião

  • Tipo de energia: Saúde e Cura

 

Características técnicas

  • Ocorrência: Relativamente fácil de obter

  • Dureza: 3,5 - 4 Mohs

  • Composição Química: Carbonato básico de cobre

  • Proveniência: Roménia, Zâmbia, República Democrática do Congo, Rússia, Oriente Médio.

Segue-nos

  • Facebook

​apc@associacaoportuguesadecristaloterapia.com | +351 916693537 | Porto.

 

                             © 2015 APC